7Margens | 28 Set 21

A maioria dos franceses não professa nenhuma religião nem acredita em Deus. É a primeira vez que uma sondagem de âmbito nacional chega a esta conclusão. O inquérito nacional foi encomendado pela Associação de Jornalistas de Informação Religiosa ao instituto de sondagens IFOP e mostra que apenas 49% dos franceses confessa acreditar em Deus.

A evolução do número daqueles que se dizem crentes tem vindo sempre a baixar desde a segunda metade do séc. XX: em 1947, 66% dos franceses acreditavam em Deus, enquanto em 2011 apenas 56% partilhavam dessa convicção, salienta o semanário católico La Vie em artigo publicado nesta segunda-feira, 27 de setembro.

A fé em França segue uma geografia económica: 49% das pessoas pertencentes a classes populares acreditam em Deus, enquanto nas classes mais ricas apenas 37% se dizem crentes. O grau de instrução também contribui para a não crença: entre os que não concluíram o ensino secundário 60% dizem-se crentes enquanto essa percentagem baixa para 46% entre os que terminaram estudos universitários.

Contudo, dando conta do mesmo fenómeno já detetado em anteriores sondagens, a população urbana parece ser mais crente do que a que vive em zonas rurais. Como exemplo mais evidente figura a região parisiense com os seus 60% de crentes, contra a média das freguesias rurais em que a mesma percentagem não supera os 46%.