A igreja da Epifania do Senhor, em Nianing, Senegal, localiza-se a cerca de 100 km a sul de Dakar, naquela que é conhecida a Costa das Conchas. O projeto inspira-se na forma de uma concha em espiral, o “cymbium”, muito espalhado na costa senegalesa.

Com 800 lugares sentados, a igreja está fechada a Norte, para a proteger do Harmattan, vento quente e seco repleto de poeiras do deserto, e aberta a Oeste, para acolher os ventos frescos do oceano. A insólita planta sinuosa é constituída por três tipos de abóbadas, enquanto o campanário é uma verdadeira “torre do vento”, para aproveitar a energia eólica e o princípio de convecção, a fim de mitigar o calor através da ventilação e o refrescamento passivo dos ambientes interiores.

De maneira a alcançar uma eficaz ventilação passiva, o projeto inspira-se no funcionamento das termiteiras, onde corredores interiores, dentro de acumulações de terra, mantêm o interior a temperatura fresca e constante.

Estas soluções do multipremiado projeto de Nicolas Vernous-Thélot (gabinete In Situ Architecture), resultam de uma aproximação biométrica à arquitetura, extraída da natureza, que lhe valeu igualmente a menção honrosa do prémio Green Solutions.

In Thema
Trad.: Rui Jorge Martins
Imagem de topo: D.R.
Publicado em 20.07.2021
http://www.snpcultura.org